Fisio Ribeiro

Fisio Ribeiro

dores articulares, aconselho este suplemento da prozis

A Xio(quase que)mara

A importância da máscara 😷

Esta senhora devia falar 24h por dia na TV durante uns 3 dias.... Podia ser que assim TODA a gente perceba a importância do uso da máscara em comunidade de uma vez por todas!!!! 😷

E alguém que falou um PORTUGUÊS que TODA A GENTE ENTENDERÁ - algo que já devíamos ter ouvido da boca de quem nos governa há muito tempo. Mas pior do que isso é mesmo agora ainda não dizerem que devia ser OBRIGATÓRIO

"Muitos passaram a trabalhar a partir de casa, mas o teletrabalho pode levar a queixas de dores na coluna, nos pulsos e no pescoço. ​"

https://www.tsf.pt/portugal/sociedade/dores-nas-costas-ou-nos-pulsos-como-evitar-as-dores-do-teletrabalho-12058937.html

Máscara Para Todos

A minha protege-te. A tua protege-me. Mais do que nunca, somos uns para os outros. Saiba mais em www.mascaraparatodos.info

publico.pt

O novo coronavírus: factos, respostas e previsões II

Excelente trabalho

publico.pt “A protecção dos idosos e dos doentes crónicos vai ser crucial para o sucesso nos próximos muitos meses. Estou convencido de que iremos ultrapassar esta pandemia”. Análise de Manuel Carmo Gomes, professor de Epidemiologia da Faculdade de Ciências da

#fisioribeiro #fisioterapia #argoncilhe

Muito Feliz pela nova aquisição da @fisioribeiro #fisioterapia #argoncilhe #fisioribeiro #gameready

#fisioterapia #argoncilhe #fisioribeiro #hyperice

Photos from Fisio Ribeiro's post

Futebol Clube de Famalicão

Recomendo https://www.purecosocks.com/pt/

Uma parceria entre FC Famalicão e a CM Socks - Peúgas Carlos Maia que nos garante o máximo conforto⚽🧦

#amordeperdicao 💙💪

noticiasmagazine.pt

Tem saudades de dormir?

Importância do sono

noticiasmagazine.pt Se dormimos mal, a saúde ressente-se. Bebe álcool e fuma antes de se deitar? Tem televisão no quarto? Não devia.

[07/08/19]   Estimados clientes, a Fisioribeiro encontra se encerrada até 15 julho. Obrigado pela compreensão

lifestyle.sapo.pt

Os benefícios da libertação miofascial e como isso o pode ajudar a correr melhor

https://lifestyle.sapo.pt/saude/fitness/artigos/os-beneficios-da-libertacao-miofascial-e-como-isso-o-pode-judar-a-correr-melhor

lifestyle.sapo.pt Saiba o que é a libertação miofascial e como esta o pode ajudar os corredores....

Fisio Ribeiro

A tendinite no ombro é uma inflamação que causa intensa dor que tende a piorar com os movimentos do braço. Seu tratamento inclui o uso de medicamentos, fisioterapia e, em alguns casos, cirurgia. A tendinite no ombro tem cura, mas a completa remissão dos sintomas pode demorar meses para ser alcançada.

A forma mais comum de tendinite no ombro, envolve o tendão do músculo supra espinhoso.

Sintomas de tendinite no ombro

Dor localizada intensa no ombro que pode surgir de repente, ou se agravar após o esforço e tende a piorar a noite devido ao estiramento dos músculos ao dormir;
Dificuldade para levantar o braço, acima da linha dos ombros;
Sensação de que a dor se espalhou por todo o braço e
Formigamento também pode estar presente, embora seja mais raro.

O nervo ciático, considerado o maior do corpo humano, origina-se na região lombar. Suas ramificações descem pelas pernas, chegando até os pés.

Ou seja, ao pressioná-lo demais com uma incômoda carteira, você pode apresentar dor e formigueiro nos membros inferiores e nas nádegas. Mais do que isso, a coluna fica em risco de sofrer um desvio (escoliose) e há a possibilidade de que o quadril tenha uma ligeira alteração no alinhamento.

[11/02/18]   AVISO- Boa tarde, vimos por este meio informar que a fisioribeiro estará aberta amanhã, dia 3/11/2018, da parte da tarde. Dispomos de vagas entre as 15:00 e as 18:00. Obrigada

[10/15/18]   AVISO- Estimados clientes vimos por este meio informar que estaremos encerrados do dia 22/10 ao dia 24/10. Obrigado

Ideias Incríveis

A importância das pranchas na reabilitação da coluna

Por que a prancha é o exercício perfeito para seu corpo:

[08/30/18]   Dor por baixo do pé?

A fasceíte plantar é a inflamação da fáscia plantar. A fáscia plantar é uma banda espessa de tecido fibroso que se estende desde o osso do calcanhar até aos dedos dos pés. Esta banda está recoberta de gordura para absorver choques e suporta a arcada plantar (veja imagens).

A fascite plantar é a causa mais frequente de dor no calcanhar, afetando entre 3,6 a 7,0% da população. O seu pico de incidência ocorre entre os 40 e os 60 anos de idade, afetando o sexo feminino (mulheres) e masculino (homens) de igual forma.

A fascite plantar é na maioria dos casos unilateral, afetando tanto o calcanhar esquerdo como o direito. A fascite plantar bilateral, ou seja, que afeta os dois pés em simultâneo é menos frequente, ocorrendo em cerca de um terço dos casos.

Relativamente à duração da sintomatologia é importante salientar que ignorar a fascite plantar na sua fase aguda, pode conduzir a uma situação de dor crónica.

A fascite plantar é uma doença que evolui favoravelmente na maioria dos casos. Cerca de 90% dos doentes melhoram significativamente nos primeiros dois meses de tratamento. No entanto, pode demorar algum tempo até aos sintomas desaparecerem de forma definitiva, em alguns casos até um ano. Infelizmente em alguns casos a dor pode tornar-se crónica, principalmente se não forem adoptadas as medidas adequadas de tratamento.

medis.pt

Médis | O seu seguro de saúde

IMPORTANTE:

Não somos convencionados directamente com nenhuma entidade, no entanto, alguns subsistemas e seguros de saúde comparticipam cuidados de fisioterapia com algumas condições. Consulte a sua seguradora ou subsistema a fim de obter mais informação sobre uma possivel comparticipação em actos de fisioterapia:

Medis - www.medis.pt
Advancecare - www.advancecare.pt
Multicare - www.multicare.pt
Real Seguros - www.realseguros.pt
Vitória Seguros - www.victoria-seguros.pt
AIG - www.aigeurope.com

O recibo emitido pelos actos prestados pode também ser deduzido no seu IRS. Pergunte-nos como.

Subsistemas de Saúde

ADSE/ADM - www.adse.pt

Regras:

- Os actos constantes na tabela de medicina física e de reabilitação serão comparticipados quando prescritos por médicos. Também é comparticipado o acto quando prescrito por médico especializado e realizados por técnico legalmente habilitado. O beneficiário deverá fazer prova desta situação, através de original ou fotocópia da requisição médica especializada.

- Os actos de medicina física e de reabilitação terão de ser realizados por médicos fisiatras, ou médicos no domínio das suas especialidades, ou por fisioterapeutas legalmente habilitados.

- De cada um dos tratamentos indicados na tabela só será comparticipado um tratamento diário por doente.

- Por cada conjunto diário de tratamentos só serão comparticipados no máximo cinco tratamentos diferentes.

- As prescrições de médicos fisiatras, respeitando o estabelecido no número3, serão válidas para o período nelas indicado, mesmo que este ultrapasse o período referido no número2. O beneficiário poderá fazer prova desta situação através de fotocópia da prescrição do médico fisiatra.

SAMS - www.sams.pt

Normas complementares regime geral:

- Para comparticipação em tratamentos de Fisioterapia, o beneficiário deve apresentar relatório emitido por médico fisiatra, ou médico da especialidade do foro da doença, do qual conste a patologia, o tipo de recuperação a efectuar e o plano de tratamentos que deverá indicar os actos a realizar, sua duração e periodicidade.

- Só é atribuída comparticipação em actos constantes na tabela e realizados em Centros especializados, por médico fisiatra ou por fisioterapeuta legalmente habilitado trabalhando sob orientação daquele.

- As prescrições são válidas para o período nelas indicado ou, na ausência de qualquer indicação, para o período de um mês.

- A comparticipação é limitada a um máximo de 4 actos por sessão, 60 sessões anuais.

- De cada um dos tratamentos indicados, só é comparticipado um tratamento diário.

- Podem ser comparticipados tratamentos em regime domiciliário face a comprovada justificação, atestada por relatório médico circunstanciado.

- Em casos de recuperação pós-cirurgia, a comparticipação em tratamentos domiciliários não pode exceder 20 sessões de tratamento

medis.pt

O nervo ciático é considerado o mais longo do nosso corpo, sendo também bastante volumoso. Ele se estende desde a face posterior do quadril, descendo por trás da coxa e dos joelhos até alcançar o dedo maior do pé, ou seja, vai desde a coluna lombar até os pés.

O nervo ciático pode ser acometido por danos dentro do canal espinhal, no local da sua origem (raiz nervosa) ou em algum outro ponto do percurso que ele faz. Quando esse nervo é afetado, o paciente sente bastante dor da região lombo-sacra até o pé (glúteo, coxa e lateral da perna são atingidos). Normalmente, a dor é descrita pelo paciente como sendo extremamente profunda (como se fosse no osso). Nos casos que envolvem lesões mais severas do nervo, o paciente também pode apresentar quadros de fraqueza muscular em uma das pernas ou nas duas, o que poderá mudar o padrão da caminhada. É importante ressaltar que, normalmente, todas as consequências da compressão do nervo ciático (que além das descritas podem ainda incluir: formigueiro, sensação de queimadura, perda da sensibilidade ou redução dos reflexos da região atingida, dentre outros), são sentidas com maior frequência de um só lado do corpo e sempre tendem a piorar durante a noite.

A compressão pode acontecer por traumas diretos ou de repetição (é o caso, por exemplo, de pessoas que permanecem em posição sentada por longas horas em uma cadeira sem qualquer conforto ou ergonomia adequada). E a causa mais comum para a dor ciática são as lesões degenerativas da coluna vertebral, como hérnia e disco, protrusão discal, estenose vertebral e espondilolistese, etc.

Se tem estes sintomas, procure um fisioterapeuta. Na FisioRibeiro atendemos diariamente este tipo de patologia, não deixe para depoois, começe a tratar agora.

Fisio Ribeiro

fisioribeiro.pt

dor joelhos crianças - FISIORIBEIRO

Leia mais sobre (dor joelhos crianças) em https://fisioribeiro.pt/2017/11/20/dor-joelhos-criancas/

fisioribeiro.pt   Muitos Pais perguntam, o meu filho queixa se de dores nos joelhos, o que podera ser? se tem idade entre 8 e 15 é muito provavel que seja este o diagnostico. A doença de Osgood-Schlatter, também conhecida como “doença de crescimento”, é uma doença benigna que tende a curar-se espontaneamente. Foi d...

publico.pt

Futebol. O músculo no limite da fadiga

Fadiga muscular nos atletas

publico.pt Clubes de topo diversificam estratégias e adoptam métodos cada vez mais avançados para reduzir o impacto da competição e evitar ondas de lesões.

Muitos Pais perguntam, o meu filho queixa se de dores nos joelhos, o que podera ser? se tem idade entre 8 e 15 é muito provavel que seja este o diagnostico.

A doença de Osgood-Schlatter, também conhecida como “doença de crescimento”, é uma doença benigna que tende a curar-se espontaneamente. Foi descrita em 1903 por Robert Osgood e Carl Schlatter e é uma causa frequente de dor nos joelhos, principalmente na adolescência.

Qual a sua causa?
A causa desta doença permanece desconhecida. Contudo pensa-se que pode resultar de fenómenos de tração repetida, por contração do músculo quadríceps femoral sobre o tendão da rótula no local de inserção óssea na tíbia (logo abaixo do joelho), onde ocorrem microavulsões. Os fatores de risco que atualmente se conhecem associados à doença são: idade entre os 8 e 15 anos, género masculino, crescimento ósseo rápido e desportos que envolvam salto repetitivo.

Como se faz o diagnóstico?
O diagnóstico é iminentemente clínico, através da história clínica e do exame físico. O principal sintoma é a dor no joelho, localizada à tuberosidade da tíbia, geralmente unilateral (60-70%), mas pode também ocorrer nos dois joelhos. As crianças/adolescentes referem dor no joelho que ocorre durante atividades como corrida, salto, subir ou descer escadas, por isso esta doença é mais frequente nos atletas que praticam futebol, basquetebol, voleibol, ginástica ou ballet. A dor geralmente melhora com o repouso e modificação da atividade, acabando por desaparecer em média um a dois anos após o diagnóstico. Em alguns casos nota-se ao exame físico uma proeminência da tuberosidade da tíbia, que é dolorosa à palpação. A radiografia do joelho pode ser normal mas por vezes é possível visualizar-se uma irregularidade na tuberosidade da tíbia. Os exames laboratoriais não estão indicados para o diagnóstico.

Como se trata?
A doença de Osgood-Schlatter é autolimitada, portanto recomenda-se um tratamento fisioterapia, nomeadamente com limitação da atividade, aplicação local de gelo e anti-inflamatórios não esteroides. O tratamento cirúrgico ou injeções locais de corticosteroides não estão indicados.

Qual o prognóstico?
O prognóstico da doença de Osgood-Sclatter é excelente. Geralmente resolve um a dois anos após o diagnóstico ou perto dos 18 anos quando a tuberosidade da tíbia está ossificada. Contudo, em cerca de 10% dos casos as queixas podem persistir na idade adulta apesar do tratamento conservador.

atlasdasaude.pt

Como evitar a dor lombar

Muda o tempo, chegam as dores na coluna. A fisioterapia é o melhor remédio para as suas dores de coluna.

atlasdasaude.pt À semelhança do que acontece no resto da Europa, a dor lombar é muitas vezes subvalorizada. No entanto, calcula-se que 80% da população tenha, pelo menos uma vez na vida, um episódio de lombalgia.Caracterizada como uma dor que ocorre nas regiões lombares inferiores, lombos sacrais ou sacro ilíacas d...

globoesporte.globo.com

Pedal seguro: saiba como prevenir e evitar lesões comuns entre os ciclistas

Na última publicação dei ênfase aos meus pacientes que fazem atletismo, hoje dou umas dicas para os que preferem ciclismo. Algumas formas de prevenir lesões no ciclismo.

globoesporte.globo.com Ortopedista fala sobre os problemas frequentes no ciclismo e como tratá-las. Veja também quando um médico deve ser procurado para que a lesão não se agrave

runnersworld.pt

Como se pode prevenir lesões?

Cada vez mais a população adere à pratica desportiva de corrida ou ciclismo. Como temos alguns pacientes que adoram a corrida, deixo lhes um pequeno artigo para prevenir lesões.

runnersworld.pt O corpo é uma máquina que tem as suas "avarias" quando é usado intensamente. Faça isto e evite as piores lesões dos corredores.

observador.pt

Massagens desportivas. O segredo anti-lesões

Como pode a massagem prevenir lesões

observador.pt Se pratica exercício, uma massagem é o melhor remédio natural para recuperar do treino e evitar lesões musculares. O fisioterapeuta Ernesto Ferrei...

corrernacidade.com

1km em 10 minutos! O melhor tempo da minha vida

Boa Lição

corrernacidade.com Parece ridículo, certo? Para todos e todas que correm há mais de duas semanas, fazer 1km em 10 minutos não é correr é andar. Então e se vos escrever que corro há mais de 4 anos e que este texto é para corredores com alguma experiência, ficam curiosos? Ve...

Preparar o circuito para os atletas pos ligamentoplastia

lifestyle.sapo.pt

Doenças reumáticas atingem mais de metade da população portuguesa

Será esta a causa da sua dor? Mais de 50% com dores reumaticas e muitos não estão diagnosticados. A fisioterapia ajuda a aliviar a dor.

lifestyle.sapo.pt Muitos apresentam sintomas mas desconhecem a patologia. O EpiReumaPt/ReumaCensus, o maior estudo sobre doenças reumáticas realizado em território nacional, fala em 56%, apesar de só 22% estarem diagnosticadas.

observador.pt

O que acontece ao seu cérebro se não dormir? Este é o maior estudo sobre sono e cognição

A importância do sono e da sua qualidade na recuperação de lesões.

observador.pt Investigadores da Universidade de Western, no Canadá, estão a fazer um estudo sobre como a falta de sono afeta o nosso cérebro. Qualquer pessoa pod...

Timeline Photos

Quer que o seu negócio seja a primeira Salão De Beleza em Argoncilhe?

Clique aqui para solicitar o seu anúncio patrocinado.

Categoria

Telefone

Endereço


Rua Professora Dona Clotilde 710
Argoncilhe
4505-156

Horário de Funcionamento

Segunda-feira 14:00 - 20:00
Terça-feira 14:00 - 20:00
Quarta-feira 14:00 - 20:00
Quinta-feira 14:00 - 20:00
Sexta-feira 14:00 - 20:00
Outra Fisioterapeutas em Argoncilhe (mostrar todos)
Medical Center Lúcia Rocha Medical Center Lúcia Rocha
Rua Professor Ferreira Da Silva,187/191
Argoncilhe, 4505-155

Medical center inicia a sua atividade em 2014 com a valência de fisioterapia,em 2018 completa atividade com medicina dentária,nutriçã,psicologia e outras!!